Seguidores

quinta-feira, 31 de março de 2011

Seria mesmo assim o amor?




"Amar é ter um pássaro pousado no dedo. Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento, ele pode voar."

Rubem Alves

________________

Resposta dada por Bill à pergunta de Alane Poison.
 __________________

Oi, Alane!

Eu penso diferente, acredito que o amor é como uma mudinha de jacarandá, se você cuidar bem dela, então se tornará uma grande árvore, mas se abandoná-la, então morrerá.

É isso.

Bjs,

Graça e paz.



quarta-feira, 30 de março de 2011

Político NÃO tem salário alto, você acha que tem?


Nossos parlamentares elevaram, como todos sabem, seus salários para R$ 26,7 mil.

Aí eu pergunto: quem aceitaria ser político por menos disso?

Políticos estrangeiros ganham mais que isso.

Mais aí alguém pergunta: "então é certo político ficar milionário, enquanto o povo passa fome?".

Aí é que tá, caro colega! Um salário desses não torna NINGUÉM milionário.

O que torna um político milionário é o roubo, o desvio de verbas, a propina e etc.

Se um político ganhasse apena um salário mínimo, ainda assim, ele ficaria milionário.

Alguém acredita que o Tiririca ganhava menos de R$ 26,7 mil na Record?

Não foi por causa desse salário que ele candidatou-se, com certeza!

E aí é que está o verdadeiro motivo dessa pergunta.

O que você acha desses acréscimos tão comuns nos altos escalões do governo fazendo que um político, na verdade, ganhe bem mais que R$ 26,7 mil.

Esse valor é o teto MÁXIMO para qualquer cargo público no Brasil.

Mas tem ministro no Supremo Tribunal Federal ganhando R$ 98,00 mil.

O que você acha disso?

Agradeço as respostas educadas.

Graça e paz.

Por favor, dêem uma olhadinha aqui

________________
Pergunta feita por Bill no sítio Yahoo!Respostas..

1º Resposta dada por Capeta Jr à pergunta de Bill.

2º Resposta dada por Clave de Sol à pergunta de Bill.

3º Resposta dada por Prada à pergunta de Bill.

4º Resposta dada por Carla à pergunta de Bill.

5º Resposta dada por Alane Poison à pergunta de Bill.
 __________________

 Capeta Jr:


Só teremos um país decente quando um político aqui tiver duas coisas, abertura total de seu sigilo bancário diante de uma comissão de auditoria, assim sem precisar pedir a juiz e coisa assim e quando essa profissão for por um mísero salário mínimo.

Agora eu acho mais fácil o Tiririca saber ler em francês que isso virar realidade, ahahahahahahahahaha...

Muita gente se revolta de ver um mané como ele como deputado, ele e outras mulas de mesmo nível dele, eu acho justo sabia, sim justo, afinal ele é o retrato da nossa cultura, da capacidade intelectual de nosso povo, eu não votei nele e sei que vc não votou também amigo Bill, mas ele foi vitorioso com uma maioria esmagadora, esse é o nosso quadro, nosso 3x4 do povo brasileiro, um analfabeto que conta piadas ruins e chama seus eleitores de abestados, hahahahahahahaha

Não duvide nesse contexto que descrevo, ele tem knowhall para ser presidente do país, afinal se o Lula esteve lá, qualquer macaco bem treinado também consegue, hahahahahahahahaha

É trágico mas é verdade, vamos para Aruba amigo Bill, hahahahahaha, li seu artigo e gostei muito, .

Abraços encapetados

______________
Clave de sol:

 
Meu querido amigo, até eu, com o me mísero salário de barnabé poderia ficar rica, se o Estado bancasse até o papel higiênico que eu uso.

Sei, por trabalhar muitos anos entre eles, que até o motel, o vinho francês, o caviar e o champanhe são pagos com o dinheiro do erário público, e o deputado - falo do que conheço - apresenta a nota e é ressarcido! Do seu bolso ele não paga absolutamente nada! Tudo o governo banca! Além das cotas de viagem, de representação, de gabinete, de telefone, luz, água, correio e aluguel...

Vou me candidatar na próxima legislatura... Se eu conseguir ser tão corrupta quanto eles!

_______________
Prada:

Imperador Adriano


Olá Bill

Eu sempre disse: Jogador de futebol e político tinham que ganhar por produção. Óbvio que com um piso baixo, pra ver até aonde eles iriam. Se haveria tanta batalha pra tentarem entrar...

Tanta disputa....

Agora dizer que o Brasil iria quebrar se tivesse um salário mínimo de $1000,00????

É deveras revoltante....

Ai tem que mandar pra sessão de piadas.

Bjs

Prada

___________
Carla:



Pois é... Existe luz no fim do túnel para essa questão????

Adianta votar "bem"?

Mas tem uma coisa: O Povão está em maior número e bem maior número no dia que realmente se revoltar algum tipo de atitude prática vai surgir...

Por outro lado o "povão" hoje em dia come melhor, assiste TV LCD, tem vários celulares, computadores, notes, etc., etc....

Então não prestam muito atenção e os que não têm nada disso que citei acima, não ficam sabendo, pois eles não sabem o que é mídia, não sabem o que é "Senado", não assistem TV e nem sabem o que é internet...

Beijocas.

________________
Alane Poison:


De acordo com tua pergunta, penso que tudo é de fato uma questão de parâmetros,
e é inevitável que comparemos esse salário citado por ti com o mínimo... Então para esse parâmetro de fato é um salário no mínimo "indecente", ultrajante, obsceno...

Veja que estamos em um país gigantesco, temos tantas riquezas e não saímos da mediocridade...

Não gosto de ser pessimista, mas esse panorama é de fato revoltante. Enfim... Que de fato isso possa mudar... Não baixando o salário deles, mas gerando riquezas e distribuindo igualitariamente a renda per capita.

Bjus!







Talula eliminada do BBB, isso é uma tragédia?



A Talula foi eliminada no BBB, aí um colunista aqui no Yahoo achou ruim e disse: “É a vitória da ignorância, dos tais bons costumes e da irritante moral arcaica que insiste em tornar a sociedade em algo chato, monótono, insípido e inodoro”.

Pois bem, de acordo com esse colunista, o BBB é a solução para a sociedade arcaica, então?

O BBB?

Será mesmo?

No BBB, vemos adultos comportando-se como crianças ou no máximo como adolescentes, mentes vazias e subdesenvolvidas em corpos sarados, e, ainda, vemos todo mundo se identificando com eles e os imitando. Assim, para nosso desespero, constatamos que mentalidade vazia não é exclusividade deles, mas compartilhada com dezenas de milhões de telespectadores no Brasil.

Isso é o BBB.

Qualquer novo "tabu" que é quebrado, são as novelas que “quebram” primeiro, depois a sociedade adota, não é? Qualquer nova polêmica que aparece, primeiro surge nas novelas ou BBBs, depois a sociedade adota.

Nada contra as “quebras” de tabu, mas não deveria a sociedade fazer isso por si mesma, ao invés de ser direcionada por alguém?

Esse alguém não demonstra poder demais ao fazer isso? Afinal, nós não pensamos mais com as nossas cabeças, mas com a cabeça deles, não é?

Os valores antigos estão sendo sistematicamente destruídos e substituídos por valores novos, mas não somos nós, quem, livremente, estamos fazendo isso.

O que você acha?

Abaixo coloquei o link do colunista mencionado e o link de uma postagem sobre a mídia que acredito que vocês vão achar MUITO interessante.

Graça e paz.


Este é o colunista do Yahoo.

Esta é a postagem sobre mídia que aconselho todos a lerem.

________________
Pergunta feita por Bill no sítio Yahoo!Respostas.

Resposta dada por encucada à pergunta de Bill.
 __________________


oi querido!

não assisto BBB, mas li o blog.

é incrível como as pessoas tornam o óbvio no comum.

saiu a menina porque tinha de sair alguém, e se era para sair, seria bom que fosse alguém que detestamos, e se detestamos ou não qual a importância desse fato?

se precisamos fazer um autoexame, não seria de uma forma tão banal, onde percebemos que é apenas um jogo.

não votaria nela se eu me identificasse com sua "buscas", mas como ela é de um outro estilo de vida e não faz parte do "meu" mundo...

votaria para ficar em quem eu admiro.(se é que existe votar para ficar).

dizer que votaram nela por inveja é forçar a" barra" .inveja de um mundo tão corroído.

penso que aqueles que votaram, votaram para acabar com sua sandices.

penso eu. se estou errada é pela falta de conhecimento de causa.

segunda-feira, 28 de março de 2011

PROCURA-SE UM AMIGO



Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração. Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa. Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor. Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar.

Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão. Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa. Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objetivo deve ser o de amigo. Deve sentir pena das pessoa tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer.

Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos. Que se comova, quando chamado de amigo. Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grandes chuvas e das recordações de infância. Precisa-se de um amigo para não se enlouquecer, para contar o que se viu de belo e triste durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade. Deve gostar de ruas desertas, de poças de água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim.

Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.


Vinícius de Morais


domingo, 27 de março de 2011

Puxação de Saco de tirano egocentrico cósmico? Ou celebração do Amor e da Vida? O que é Adoração?



Pergunta de domingo...

Paz de Cristo.
 
________________
Pergunta feita por Emiliano no sítio Yahoo!Respostas.

Resposta dada por Kouklara à pergunta de Emiliano.
 __________________


Oi, Emiliano.

Quando a gente tem amor por alguém, queremos mais é expressar este amor.

Queremos que aquela pessoa sinta-se amada, querida, necessitada, agraciada, pois este é o nosso desejo também. Também necessitamos de amor, e uma das formas é demonstrar o amor, e muitas vezes na esperança da reciprocidade...

Para mim, adoração, nada mais é que um reconhecimento da importância e do tamanho do nosso amor.

É sim uma celebração do amor e da vida. É uma libertação.

Libertação do nosso egoísmo e orgulho.

Beijo e fica na paz do nosso Paizão.


Precisamos resgatar o SENHOR?



Em apenas uma geração, principalmente no convívio familiar, apagaram a palavra “senhor” do vocabulário popular, este relevante instrumento de atitude cordial interpessoal, com o status de nome próprio, traduzia o respeito, a educação e ética, independente de sua classe social, credo ou etnia; Porém pior que desutilizar o nome, o seu significado também caiu em descrédito.

A palavra “senhor” para a maioria da sociedade, além do equilíbrio social, era uma forma de demonstrar e compactuar os mesmos princípios de moralidade, uma espécie de honraria.

Entretanto hoje, comercialmente, o “Senhor” sobrevive firme e vivo e aparece frequentemente na fala dos criminosos detidos, mas raramente está onde é necessário, entre filhos e pais, avós, entes, amigos e idosos.

Pelo respeito e ordem, um velho sábio adverte, precisamos apaziguar a informalidade e resgatar o SENHOR.

Diga lá...

1 sorrisão pro 6

________________
Pergunta feita por Vermeio no sítio Yahoo!Respostas.

1ª Resposta dada por Najinha à pergunta de Pé Vermeio.

2º Resposta dada por Bill à pergunta de Pé Vermeio.
 __________________

Najinha:

Pé, eu falo "senhor" apesar da minha geração não falar mais mesmo.

Mas isso já é de família, a gente foi educado assim... Que tinha que falar senhor, dar lugar aos mais velhos, não responder os avós e tios e essa trenheira que criança odeia. Kkkkkkk
Mas eu falo senhor até com meu tio que regula idade com meus irmãos.

Meu irmão mais velho é só 2 anos mais novo que ele e chama ele de senhor. Kkkkkkkkkk

Acho que é costume.

:)


 __________________


Bill:

Olá, amigo!

Apenas no Brasil esse costume está perdendo efeito, em outros países isso é levado muito a sério e, inclusive, muitos usam mais de uma palavra para "senhor" e com grau de importância diferente para cada uma delas, em inglês, por exemplo, tem mister, sir e lord; em japonês tem san, sama, dono e ainda outros.

O povo brasileiro é irreverente demais, além disso, "senhor" não significa apenas hierarquia (como quando usamos para referir às autoridades, aos pais ou às pessoas mais velhas), mas significa também formalidade, ou seja, pessoas de mesma idade também podem se tratar de forma respeitosa usando "senhor", "senhora" ou "senhorita" como sinal de formalidade. O pronome "você" originalmente deveria ser aplicado apenas em caso de intimidade com alguém.

O tratamento respeitoso é bem mais elegante e valoriza mais as pessoas.

É isso.

Graça e paz.

sábado, 26 de março de 2011

Como será o futuro deste país?



A população vive embriagada por mentiras e distrações espúrias colocadas por políticos entreguistas.

O mito do país onde tudo é fácil ainda persiste, pois tudo aqui abunda, mas com a tomada da Amazônia, Pantanal e algumas áreas onde há certos minerais de valor estratégico, a riqueza do país que já vem sendo dilapidada por estrangeiros deverá aumentar o que vai provocar um colapso no sistema de governo, que, aliás, não para de aumentar seus gastos com cargos de confiança para participantes do bolo eleitoral.

Muitos que se dizem cidadãos contribuem para a onda do "tá tudo bem", se omitindo a participando de opiniões que mal sabem e conhecem pelo simples fato de ver as migalhas permitidas, sem saber que se houvesse 50% de honestidade nosso poder econômico teria exatamente o dobro, já que mais de 66% da nossa riqueza é esvaída através de bancos, dívidas, desvios, assaltos ideológicos de patentes da fito química, contrabando de minérios raros, diamantes, pedras preciosas, corrupção, sangrias como a da Petrobrás e mais algumas coisas que arrepiam.

Os palhaços do carnaval que dançam e se alegram não fazem a lição de casa, mas terão uma amarga decepção na época de sua senilidade, pois viverão como mendigos piores dos que hoje já são destratados pelo sistema de aposentadorias. Isso ainda agravado pela diminuição da riqueza que naquele momento será de outros povos.

A não ser que haja uma Guerra Mundial onde os nossos exploradores se explodam ou catástrofe de proporções titânicas, muito provavelmente (90%) teremos um país como os atuais países africanos.

O que vai fazer o povo se mobilizar?

Há alguns que ainda dizem que isso tudo é mentira, como se fossem os três macacos fingindo que não sabem, não veem e não ouvem!

O pior é que eles, seus filhos e netos comerão esterco!

Cadê o Brasil?

Ao que tudo indica, nosso Governo está preocupado em remendar a parede de pau a pique com massa corrida e pintar com tinta de última geração, deixando a estrutura podre. Ainda há gente tão medíocre que se preocupa com esse papo de "tucano", provavelmente só aqueles que mamam na teta gorda, atualmente.
Assim, um povo passivo dirigido por estrangeiros e ainda sendo dilapidado por Latrus Brasiliensis Petensis.

Simplesmente o fim da picada.

Não creio que fosse melhor com outro partido, antes que qualquer tonto o diga.

Penso que precisamos de uma nova visão que acabe com a exploração dos trouxas, onde já se viu pagar 50% de imposto no combustível? A Petrobrás tem a obrigação de ser a maior empresa da humanidade, não produz nada, apenas recebe gratuitamente do suor popular.


________________

Pergunta feita por Kéfren no sítio Yahoo!Respostas.

 

Resposta dada por Bill à pergunta de Kéfren.

 __________________



Olá, Kéfren!

Dizem que crianças não têm preocupações, pois seu mundo é mais simples. Por isso dizem que "a ignorância é uma benção".

Nosso povo vive uma infantilidade sem fim, por isso, têm a ilusão de alegria.

Uma criança não sabe o que é melhor para si, pois nem sempre distingue o melhor do pior, por isso o adulto deve protegê-la e instruí-la.

Mas quem são os adultos em nosso país?

Não são os políticos, pois eles são apenas "capangas", são apenas aqueles encarregados do serviço sujo, enquanto os figurões nacionais e internacionais assistem tudo em suas mansões lotadas de seguranças.

Esses é que são os adultos.

Quem são esses figurões? São os ditos "esclarecidos" ou "formadores" de opinião, são esses "esclarecidos" os principais interessados na manutenção da ignorância, pois a concentração de renda é a consequência mais imediata, pois um país com o PIB alto, mas sem distribuição de renda, significa que alguns ficam na miséria e enquanto outros ficam muito, muito, mas muito ricos.

Ignorância dá um lucro danado.

A verdadeira riqueza de um povo é medida pelo seu IDH.

O povo de um modo geral nem faz ideia do que está acontecendo, pois tem o BBB para mantê-lo entretido e alheio a tudo ao seu redor.

Pra mim, quem tem o poder de fazer algo é a classe média, pois eles não lucram com a ignorância e tem certo grau de informação.

A classe média é o irmão mais velho do pobre, é a classe média quem deveria se importar em instruí-lo, todos ganhariam com isso.

Mas a classe média tem preconceito em relação ao pobre, quer explorá-lo também, quer imitar o comportamento dos "esclarecidos".

Esse é o sistema de castas do Brasil, quem está embaixo não pode subir, assim, TODOS perdem.

É isso.

Abraços,

Graça e paz.


Por que alguns se zangam se digo que o livre arbítrio é desculpa para mazelas cristãs?



Mas vejo tanta gente afirmando aqui que os cristãos possuem o livre arbítrio para escolher, certo?

E que quando seguem um caminho errado, fazem besteiras, prejudicam terceiros... Foi justamente por fazerem a escolha errada... Pois tinham o livre arbítrio para definir o que é certo ou errado... Certo?

Então por que alguns se zangam se digo que o livre arbítrio é desculpa para mazelas cristãs?

Minhas perguntas são questionamentos e não ofensas...

Beijocas e não fiquem zangados apenas respondam...

________________

Pergunta feita por Carla no sítio Yahoo!Respostas.

 

Resposta dada por Bill à pergunta de Carla.

 __________________
Oi, Carla!

Vou novamente usar um trecho de uma resposta que dei a outro usuário, tá? (Faço isso apenas pra ganhar tempo, mas se não gostar, pode dizer que paro.)

Já leu o livro "Laranja Mecânica"? Esse livro refere-se a um jovem delinquente e extremamente violento em que o Estado colocou em um "processo educacional" severo e experimental, a fim de devolvê-lo à sociedade “saudável”.

Ele passou por um tipo de lavagem cerebral em que a consequência era sentir enjoo, fraqueza, dores terríveis, vontade de desmaiar e etc. toda vez que estava diante de qualquer tipo de violência (até mesmo quando mencionavam perto dele a ideia de matar uma mosca), era uma sensação tão terrível, que o jovem sentia como se fosse morrer, por isso, ele se esforçava por ter pensamentos antiviolência. Por exemplo, se alguém ameaçava bater nele, ele não oferecia resistência alguma a isso, não se defendia (defesa é violência), inclusive colocava-se voluntariamente em situações humilhantes, como lamber a bota de quem o agredia com o objetivo de fazer com que não batessem nele, por exemplo.

Isso, então, significava que ele se tornou uma pessoa melhor?

Não.

Cena do filme Laranja Mecânica de Stanley Kubrick
O bem foi imposto a ele, não foi sua escolha, por isso ele não era sincero em sua bondade recém-adquirida, mas era forçado a ser bom por causa do "programa" colocado em sua mente, esse programa o punia toda vez em que apenas pensava em violência.

Esse jovem usava muitas gírias e, em sua linguagem, ele dizia que se tornou uma "Laranja Mecânica": um objeto inanimado que se move mecanicamente, sem vida.

Ele não mudou seus valores, sua mente continuava a mesma que sempre foi, mas ele era obrigado a ser bom contra sua vontade.

Uma pessoa privada de escolhas deixa de ser humana.

Pra Deus anular o sofrimento da humanidade, ele teria que tirar o direito de escolha de todos nós.

Todos seríamos robozinhos obedientes, laranjas mecânicas.

Se ninguém pratica o mal, então ninguém sofre.

Alguém seria feliz se fosse uma laranja mecânica? Ou sofreria do mesmo jeito?

Tá entendendo?

Essa é a questão: o livre-arbítrio.

De fato, o livre-arbítrio é o culpado pelas mazelas dos crentes, mas não só deles, de todo o mundo também (crente ou não). Pois o homem tem o poder para se destruir e para destruir outros.

Retirar o livre-arbítrio seria uma solução? Não, não seria.

Então, o que fazer?

Aí é que está o verdadeiro problema. Rsrs

Bjão,

Graça e paz.



Você é contra ou a favor da liberação da venda e do uso de drogas?



Há quem ache que a liberação da venda e do uso de drogas ajudaria a acabar com o crime, pois se fosse possível comprar maconha numa farmácia, não existiriam as chamadas "bocas-de-fumo" nem a violência vinculada a elas. O que você pensa disso tudo?

________________

Pergunta feita por Juca Oliveira no sítio Yahoo!Respostas.

 

Resposta dada por Bill à pergunta de Juca Oliveira.

 __________________

Um drogado não vive direito, não pensa direito, não consegue trabalhar direito, entre muitos outros males.

Liberaram as drogas em algumas regiões na Holanda, tem pessoas que se acabaram nessas regiões consumidos pelas drogas. A Holanda praticamente perdeu uma geração inteira por causa disso.

Mas aí alguém diz: "a Holanda é um país desenvolvido". De fato ainda é, mas e quando essa geração de drogados chegarem ao poder substituindo a geração atual? Será que continuará uma nação de primeiro mundo?

Difícil, hem?

É isso.
___________



P.S. A cantora Amy Winehouse destruiu sua aparência e saúde e está destruindo sua carreira e lucidez por causa das drogas e nem tem trinta anos.

Imagina um país inteiro de pessoas assim. Imagine governos com pessoas assim.

É o fim do mundo, véio!





Orgias e drogas entre os jogadores brasileiros por smartt