Seguidores

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Eu não quero mais viver .-.






Esses últimos ANOS estão sendo péssimos pra mim... Decepção, e tristeza... Minha família me deixa triste com as coisas que acontecem aqui, eles mimam meu irmão, esquecem que eu existo e não posso contar com eles, porque qualquer coisa que eu disser, eles irão jogar na minha cara e não vão me entender!

Eu tenho depressão, fobia social, enfim.. Sou uma problemática, esquisita e deprimida! Não consigo arrumar um namorado, porque sou horrível! E tudo o que eu queria é poder fazer alguém feliz...

O que de bom ainda restava em mim foi destruído por um idiota. Eu não o culpo, porque ele não pediu pra eu gostar dele, simplesmente aconteceu, mas o pior é que eu jurava ser correspondida, mais ai, quando decidi falar pra ele, nossa! Pior decisão da minha vida! E pra piorar, a paixão se transformou em amor! Até hoje, mesmo 1 ano depois de tudo, ainda fico nervosa quando vejo ele! >.<

Minha autoestima não existe, vivo triste, desanimada, mas escondo tudo, porque não tenho com quem contar! Nos momentos que mais preciso falar com alguém, meus amigos somem e quando tento falar com a única amiga próxima, não consigo, porque ela esta ocupada demais ouvindo Funk, ou então, ela sai com o namorado que ela vê TODO DIA, que agora ocupa o único horário que eu tinha pra falar com ela! Fora que ela não entende, ela acha que o mundo é flores só porque ELA é linda e não fica dois dias sem namorado, ela acha que comigo é igual, mas temos pensamentos muito diferentes. Ela é uma irmã pra mim, mais certas atitudes dela me magoam muito.

Passei com ela coisas que nunca passei com ninguém, até já choramos juntas, mais de uns tempos pra cá, ela anda mudando muito, passou de uma bonequinha *-* Pra uma Bitch! .-.

E pra piorar, eu tive uma semana péssima em casa, minha mãe me tratou muito mal, meu irmão está me enchendo com as brincadeiras idiotas dele, e pra piorar, meus pais (principalmente meu pai) só apoia as idiotices e eu não posso achar ruim, porque se não escuto ¬¬'

Não aguento mais!

É porque eu não contei tudo, é muita coisa .-. São muitas humilhações, sinto a desaprovação no olhar de todo mundo, e isso me deixa mal. Me acho ridícula e provavelmente todos acham o mesmo! Sim, tenho minhas qualidades, e as reconheço, sei lá! Mas sou muito insegura, sei lá! Não acredito em elogios, mesmo que eu sinta que são verdadeiros =/ Tipo, sou inteligente, tenho uma opinião própria e acho que essa é a única coisa que vai me fazer ser alguém, porque eu não tenho mais sonhos, desisti de todos! E a todo o momento a única coisa que parece ser uma solução é desistir, desistir de tudo, de viver, de amar, afinal... Nada dá certo!

________________



Pergunta feita por † Angel Of Death † no sítio Yahoo!Respostas. 

Respondido por Franca.
  ________________


Calma amiga! Não se entregue assim. Você é uma adolescente ainda, e nesta idade o mundo nos parece tão confuso, e pra completar, parece que a família não ajuda em nada. Você está passando por um processo de transição da primeira fase de sua vida para a segunda fase, a mais eficaz, a fase adulta. Para se conseguir atingir a maturidade, sofre-se muito. Quando tudo parece desabar, é o momento em que devemos nos aquietar, refletir, recobrar as forças na oração, junto ao Grande Pai Criador.




Seus pais gostam de você, sim, o que eles não estão é sabendo lidar com você, então usam recursos de seus ancestrais, seus avós no caso, pois quando não se consegue entender um filho busca-se na educação passada as palavras, as atitudes que receberam, e acharam que deu certo. O que você precisa é fazer-se entender por eles, mostrando assim que a realidade sua é outra, suas possibilidades de seguir caminhos é única e as escolhas são múltiplas hoje em dia, e se uma escolha for errada, você se sentirá perdida.

Fale a eles que o que você precisa é apenas da compreensão deles, em silenciarem as críticas e as ironias, principalmente quando você estiver refletindo e procurando respostas para seus conflitos, mesmo porque só você poderá encontrar respostas para seus problemas.

Quanto ao seu irmão, ele está em fases diferente das suas, garotos quando estão "empenando" são insuportáveis. Procure evitá-lo com um sorriso, e diga que o entende, saia de perto, não ouça o que de mau gosto ele disser, afinal a fase dele é querer apenas se divertir e zoar.

Quanto ao seu namorado, foi apenas uma aprendizagem a mais em sua vida, um estágio de sentimentos que estão sendo formados em sua pessoa, triste eu sei, mas que serão alicerces de outros sentimentos, mais duradouros, mais sólidos, que surgirão em sua vida que apenas está começando.

Quando você acha que tudo está perdido por causa de alguém, de repente surge a pessoa certa, e você pensa: “Como fui boba!”.

Um conselho! Quando você estiver pra baixo, deprimida, vá ao cabeleireiro, faça um penteado novo, corte, pinte os cabelos, mude a aparência, compre alguma roupa, um sapato, uma bolsa sei lá, mas inove-se. Faça ginásticas, vá ao SESI, busque cursos de danças, ou o que te interessar no momento. Mas faça algo novo, não fique parada se afundando em pensamentos vãos. Dizem que o "maligno" gosta quando a pessoa está assim deprimida, porque é mais fácil colocar em sua cabeça tentações, tais como dar fim na vida, se drogar, beber etc... E este caminho não é o certo, não é a escolha feliz. Leia a parte de PROVERBIOS na Bíblia, e também o SALMO 142, sempre que estiver triste.

Boa sorte!

Bjos!

________________

(se gostar, por favor, compartilhe)

Nenhum comentário:

Postar um comentário