Seguidores

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

ANIMAIS AMAM MAIS QUE OS HOMENS?


Olá Leitor!

Tudo bem?

Quanto tempo, hem?

Bem... Depois de um longo e tenebroso inverno, aqui estou.

Que tal, para retomarmos nossa antiga amizade, falarmos um pouco sobre bichinhos?

Vivemos dias tão difíceis, que tem gente, que até diz, que prefere bicho a gente.

Curioso isso, né?

Que tal meditarmos sobre o assunto?

Separei algumas perguntinhas comuns sobre o assunto, onde procurei comentar cada uma.

Veja só:

1 – Se os animais fossem racionais seriam diferentes ou iguais a nós? Por quê?
Seriam iguais, afinal, racionalidade não é sinônimo de conhecimento, pois o conhecimento vem com o aprendizado, a racionalidade, não. Por incrível que pareça, o Homem não destrói a natureza por causa de pura maldade, o conhecimento de que a natureza é frágil só foi obtido recentemente, assim como o conhecimento sobre equilíbrio ambiental, camada de ozônio e etc. O Homem não nasceu sabendo sobre essas coisas, mas depois que a Humanidade tomou conhecimento desses fatos, medidas foram e tem sido implementadas: um exemplo simples é a fumaça de carros e fábricas, nos anos de 1980, eram extremamente visíveis e o odor tenebroso, hoje em dia, praticamente não vemos mais. Se ao invés do Homem outro animal tivesse evoluído, então, obrigatoriamente, ele teria de passar pelo mesmo processo de aprendizado que nós, pelas mesmas etapas, pois o conhecimento não é inerente, não nascemos com ele, mas precisa ser desenvolvido primeiro e depois assimilado, e isso leva tempo, muito tempo.

2 - Se outro animal tivesse evoluído, ao invés de nós, ele também seria ambicioso e egoísta?
Sim, seguramente, pois todo animal é egoísta (e o egoísmo obrigatoriamente leva à ambição): um cachorro divide seu osso com outro cachorro, mesmo que o outro esteja passando fome? Um gato divide seu peixe? É evidente que não. Em tempos de seca e fome, uma mamãe canguru ejeta seu filhote para a morte para que ela viva e possa procriar em outra ocasião; um leão macho, quando conquista um novo território, ele mata e come todos os filhotes do leão anterior. Se algum desses animais fossem racionais, seriam iguais a nós, sem dúvida.

3 – Os animais teriam desobedecido a Deus, como Adão e Eva?
A queda de nossos pais ancestrais foi uma escolha que fizeram conscientemente, pois Deus havia deixado claras as diretrizes a seguir, o mesmo ocorreu com os anjos, onde alguns se voltaram contra Deus (satanás e seus demônios), mas outros permaneceram fieis e continuam no céu, com Deus. Caso houvesse algum animal consciente como nós, a ele seria dada a mesma escolha, onde poderia escolher cair, como nossos pais e satanás, ou permanecer fiel, como os demais anjos fizeram.
Se Deus desse consciência a todos os animais, com certeza, alguns cairiam e outros, talvez, não. Entretanto, a possibilidade de queda é sempre maior, principalmente quando há um tentador, pois a tentação não é apenas na mente, mas também no coração.

4 – Um animal carnívoro só mata outros animais para comer, porque não entende as coisas? Mas caso entendesse, então não mataria?
Um animal carnívoro come carne, pois esse é seu alimento, seu organismo não processa outro tipo de alimentação, caso um leão fosse racional, como nós, ele continuaria matando para comer, senão morreria de fome, pois continuaria sendo carnívoro. Simples assim. O mesmo vale para nós: somos onívoros, ou seja, nosso organismo processa (e precisa) uma grande diversidade de alimentos, inclusive a carne (além de vegetais e cereais), logo, não matamos a vaca por ódio às vacas, mas apenas como alimento, afinal, também fazemos parte da natureza, nos valemos dela para viver, como qualquer outro ser vivo no planeta.

5 – Os animais são bons, maus ou a ideia de bem e mal não se aplica a eles?
Quando um vulcão explode e mata milhares de pessoas, ele faz isso porque é mau? Tem como um vulcão ser mau? Não, não tem, pois ele não é um ser consciente, ele não tem condições de fazer juízo de valores, mas caso fosse consciente e tivesse o poder de escolher se explodiria ou não, então, ele poderia optar por ser bom ou mau também. O mesmo vale para os animais, pois eles também não são conscientes (pelo menos, não no nível humano). Assim, se um leão mata uma gazela, ele não faz isso porque odeia a gazela ou tem preconceitos contra a ela, ele mata para comer, apenas isso. Entretanto, se um marginal mata uma
pessoa, ele tem consciência de bem e mal, logo, fez uma escolha consciente.

6 - Animais são bons e o Homem é mau?
Todo ser consciente pode escolher entre o bem e o mal, por isso há anjos bons e maus e há também pessoas boas e más, logo, se algum animal desenvolvesse consciência, então também poderia escolher entre o bem e o mal.

7 – Animais amam incondicionalmente, o Homem, não.
Existe amor na natureza? Ou melhor, o amor demonstrado por animais domesticados também existe entre os animais selvagens? É evidente que não. Os animais foram domesticados pelo Homem e, por consequência, assimilam características humanas, como o amor. Os animais também podem amar, mas desenvolvem esse amor apenas junto de humanos. Um cachorro amigo e brincalhão, que espera com alegria seu dono chegar em casa, não existe na
natureza. Um cachorro selvagem africano, se estiver com fome, come até os próprios filhotes e se um companheiro de matilha (cachorros) ou alcateia (lobos) estiver moribundo, então vira comida também. A Lei da Selva é implacável e sem amor.

8 – Quem ama os animais também consegue amar as pessoas?
Quem ama apenas os animais não consegue amar o próximo, mas quem ama o próximo,
então consegue amar tanto os animais, quanto as pessoas.

9 – É melhor adotar animais do que crianças?
Como foi dito acima: quem ama apenas os animais não consegue amar o próximo... O amor ao próximo é absurdamente desestimulado hoje em dia, por isso, é comum
vermos propagandas de incentivo à adoção de animais, mas nunca de crianças, pois nos dão a entender que apenas os animais são coitadinhos, assim, não conseguimos mais nos enxergar em nossos semelhantes,
mesmo quando são crianças. O amor está esfriando no coração do Homem, se não há amor pela sua própria espécie, então, com o tempo, não haverá amor pelos animais também, ou seja, amor a nada.

10 – As pessoas não nos dão o que queremos, mas os animais, sim.
Sim, isso é verdade. Um animal é mais submisso que uma criança, por exemplo, e custa menos também. Um animal fica a sua disposição, as pessoas, não. Um animal não contradiz o que seu dono diz, não discorda dele, não cobra atenção, mas tudo isso as pessoas fazem. Um animal não exige que seu dono se lembre dele, ele não questiona se seu dono é narcisista, egoísta e etc, um animal também não exige reciprocidade, como um relacionamento humano exige. Por isso, é mais fácil amar os animais (por isso que quem ama e se importa apenas com os animais dificilmente faz o mesmo com as pessoas).

11 - Jesus também morreu pelos animais?
Não, apenas pelo Homem.

12 – Os animais foram feitos a imagem e semelhança de Deus?
Não, apenas o Homem.


Christian Brito.



Deus de toda a criação, de todos os seres viventes.
 

2 comentários:

  1. Oi eu li o post e concordo com o que foi explanado. Vale para os debates. Todos somos seres criados por Deus porém só o homem tem o atributo de ser considerado filho do Senhor.

    ResponderExcluir